domingo, 13 de dezembro de 2009

Os terríveis 2 anos

Já tinha lido que a fase dos 2 anos era terrível, mas só recentemente a Leonor tem evidenciado mais a faceta criativa típica desta idade.

O primeiro caso foi uma súbita inspiração artística que foi expressa com uma caneta preta nos sofás em pele da Divani&Divani cor de mostarda. Ficou um pequeno buraco num delese e só graças ao stick de remoção de tinta comprada na loja é que consegui retirar os riscos de caneta sem danificar a pele.

O segundo caso foi mais grave, estávamos a jantar num restaurante em Belém com uns amigos e no final um dos miúdos falou em irmos ao parque. O Ricardo levantou-se com a Leonor, mas encontrou uma prima e ficou a conversar com ela enquanto eu estava a tratar de pagar a conta. Quando ela perguntou pela Leonor, constatamos que já não se encontrava na sala. O pai tinha parado, mas ela seguiu caminho para o dito parque. O que vale é que não tinha ido para longe, mas pregou-nos um belo susto.

A mais recente, foi ela ir buscar o creme hidratante ao quarto dela, levar para a sala e começar a besuntar a cabeça do gato. A meio da operação deixou cair o frasco e então sujou as calças, os sapatos, o puf onde estava deitado o gato e o chão. Fiquei furiosa, dei-lhe um raspanete e ficou de castigo sentada no sofá.

Vamos lá ver quais as cenas dos próximos capítulos.

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Mini-férias no Algarve

Aproveitamos o feriado para fazer uma visitinha aos meus pais no Algarve.

Esteve bastante frio e choveu num dos dias. Para além disso, a Leonor andou a chocar uma enterite, esteve um pouco queixosa, perdeu o apetite, mas sobraram sempre muitas energias para brincar :)

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Curtas

Hoje antes de ir para a cama estava o papá Ricardo a brincar com a Leonor e quando começou a fazer-lhe cócegas e dar-lhe beijinhos, ela vira-se para ele e diz: "Pára melga! Xó, xô!"

TPC para a mãe

Na reunião de pais da creche mandaram um TPC para os pais: fazer a capa na qual vão guardar os trabalhos feitos ao longo do ano pelos nossos rebentos.

A única coisa que tinha a cartolina era o contorno do corpo de uma criança. Só restava dar asas a nossa imaginação.

O papá Ricardo não tem jeito nenhum para trabalhos manuais, logo a responsabilidade de fazer o TPC passou para mim, a artista da família.

Deu-me muito gozo fazer. Imprimi uma foto da Leonor e recortei só a cara, depois colei tiras de lã para o cabelo e as fitas do cabelo (foi o que deu mais trabalho) sobre as quais meti uma camada de cola com purpurina, o vestido foi recortado de um padrão de papel de parede e o resto foi pintado com lápis de cera.

O resultado final até ficou engraçado :)

domingo, 25 de outubro de 2009

Nova paixão: Madeline

O narrador fala em rimas e as histórias têm sempre uma moral.
Até eu gosto de ver :)

Consulta dos 2 anos

Fomos à consulta dos 2 anos e a Leonor continua de vento em poupa:
- Peso: 11,740kg - não manteve a tendência e desceu para o percentil 50;
- Estatura: 89cm - aumentou e está entre o percentil 75 e 90;
- Perímetro cefálico: 49cm - não manteve a tendência e desceu para o percentil 90.

Está com um desenvolvimento óptimo, sendo apenas de assinalar um problema ortopédico no pé que a ginástica deverá corrigir. Vamos ter de começar a pensar fazer o desmame da chucha que ela tanto gosta, pois pode começar a causar problemas ortodônticos.

Fiz a pergunta do momento: "E a gripe A?". Ela respondeu que este alarmismo era um disparate, que se estava a gerar um alarmismo despropositado e gastar milhões de euros de forma disparatada, pois trata-se apenas de uma gripe que tem uma maior rapidez de propagação e contágio e que a gripe sazonal causa mais mortes que esta. É contra a vacinação, pois foi muito pouco testada e não se sabe bem a sua eficácia e sobretudo quais os efeitos secundários que poderão surgir. Em caso de contágio temos de proceder tal como a outra gripe: repouso e tratamento sintomático.

Quanto ao refluxo, só fará mais exames quando tiver controlo de esfíncteres, que não se perspectiva para tão cedo. Até lá continua a tomar o antibiótico profiláctico.

Próxima revisão aos 3 anos :)

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Reunião de pais na creche

Hoje foi a reunião de pais na creche, uma estreia já que ano passado ela entrou já tinha sido feita.

Não pudemos ir os dois, pois a Leonor tinha que ficar com um de nós. Fui eu, a encarregada de educação :) Foi muito giro, bem além do que poderia ter imaginado. Vimos um vídeo fantástico do dia-a-dia da turma: a chegada, às actividades, o almoço, a sesta, o lanche, as brincadeiras na sala e no recreio e a aula de ginástica. Adorei!

Falamos do plano de contingência para a gripe A e das alterações do dia-a-dia na creche. Das actividades ao longo do ano. No final a educadora leu o texto que fez como sendo uma das crianças da turma e que acabou por fazer algumas chamadas de atenção sobre a necessidade de independência e de experimentar destas idades, bem como de outros comportamentos que fazem com que eles saem da casca.

Conhecemos a higienista que vem fazer a educação relativa à higiene oral, sensibilização e rastreio dentário. Foi muito interessante, até porque pudemos tirar algumas dúvidas, nomeadamente da frequência da escovagem que segundo a pediatra devia ser apenas 1 vez ao deitar e que segundo a higienista deveria ser pelo menos 2 vezes, uma de manhã e outra a tarde, e com apenas uma fina camada de pasta dentrífica que deve conter pelo menos 1000ppm de iões flúor (escrito no rótulo do tubo). E até 3 vezes para crianças com elevado risco de carie, como a Leonor que toma um antibiótico cheio de sacarose para evitar as infecções urinárias.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

2º aniversário

Já foi há 2 anos... nunca mais me esquecerei desse dia e dou graças a Deus por no final tudo ter corrido bem, pois hoje sei quais poderiam ter sido as consequências.

Sempre que penso no que aconteceu nesse dia, tudo me parece cada vez mais surrealista:
- pelo obstetra que me observou às 4:00 da matina e que me ia mandar para casa porque dizia que eu não estava a perder líquido amniótico quando escorria sempre que me mexia;
- pelos inúmeros toques que me fizeram para verificar se a dilatação passava dos 2 dedos;
- pela inconsciência das equipas que passaram por mim, que deixaram ultrapassar o limite de tempo recomendado para uma situação de bolsa rota e colocaram a Leonor em risco de lesões cerebrais graves pela falta de líquido amniótico e risco de infecções devido ao líquido que ficou estar contaminado pelo ar do exterior;
- pelo alarido que se gerou quando um obstetra da velha guarda que estava no novo turno ter visto a minha ficha e se aperceber do risco em que a Leonor estava a correr e ordenou fazer uma cesariana de emergência;
- pelo meu desespero por não ter forma de avisar o Ricardo que tinha acabado de sair para jantar qualquer coisa, pois o enfermeiro do outro turno tinha dito que estava ainda demorado;
- por ter sido a cobaia de um estagiário de anestesia e ter ouvido o anestesista dizer-lhe, estava eu apavorada e com inúmeras contracções, que ele tinha de ter calma e que se não fosse a primeira não havia problema;
- pela médica que fez a cesariana ser tão novinha e estar a cantar enquanto operava;
- pela ânsia de ouvir a Leonor chorar e poder ver pelos meus próprios olhos que ela estava bem;
- no final, pela felicidade imensa de a segurar finalmente nos meus braços.

Só me apercebi do quão mal poderia ter corrido quando vi num dos programas da Fátima Lopes uma menina que passou o mesmo que a Leonor, mas que não teve tanta sorte pois ficou com 95% de incapacidade motora devido à falta de oxigénio. Chorei tanto ao ver aquela menina numa cadeira de rodas mas com plenas capacidades mentais, plenamente consciente de tudo. Tudo fruto da incompetência dos médicos. Só de pensar que podia ter acontecido o mesmo à Leonor...

Passados 2 anos este episódio já me parece cenas de um filme. Desde então foram muitas as aventuras e tantas alegrias que todas as coisas menos boas desvanecem-se. Amo-te filhota!

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Estoirada

Hoje a Leonor teve a 1ª aula de música na creche e logo a seguir foi a 3ª aula de ginástica.

Deve ter sido um dia animado... veio tão estoirada que fez uma birra enorme sem motivo nenhum. Deixei-a espernear uns bons minutos e depois acalmou. Aproveitei para lhe dar o jantar e a seguir a banhoca foi directa para a cama.

Aí foi nova birra e apliquei a técnica habitual que tem funci0nado sempre até agora. Tento acalma-la um pouco, apago a luz e e espero. Se recomeçar, deixo-a chorar um pouco, se continuar passados uns minutos, puxo dos galões, entro no quarto de rompante, digo em tom alto e autoritário: "Leonor, vais fazer ó-ó já!!", ela deita-se rapidamente e fecho a porta sem dizer mais nada.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Aniversários

Amanhã a Mariana faz 8 anos e para a semana a Leonor faz 2... como o tempo passa!

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Espertinha

A Leonor chega ao pé da escada em caracol que leva ao sótão onde está o papá a trabalhar no computador:
- Papá?
- ... (silêncio)...
- PAPÁÁÁ?!?
- ... (silêncio)...
- PAAIIIIIII?!?!?!?
- ... (silêncio)...
- CADÚ?!?!?!?!
- ... (silêncio)...
- RIIICCAARDDDOOOO?!?!?!
- Diz filha?

Conclusão: a perseverança é a melhor arma ;)

Curtas

Comentário feito pelo nosso amigo Pedro relativo ao bom apetite da Leonor: "A Leonor continua aspiradorzinho?"

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Recepção calorosa

Antigamente era eu que tinha ir de carro levar e buscar a Leonor à ama, mas com a ida para creche ao pé da nossa casa houve uma revolução nos nossos hábitos e um grande alívio nas minhas responsabilidades.

Por norma sou eu que a levo e é o Ricardo que a vai buscar a maior parte das vezes. Desta nova rotina gerou-se um novo ritual entre nós, mal ela ouve a porta bater grita com grande excitação "Mamã!", vem a correr para o corredor de braços abertos, eu jogo-me ao chão de joelhos igualmente de braços abertos, abraçámos-nos e cubro aquelas bochechinhas gostosas de beijos.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Baby Center

Lá em casa somos duas balanças e um caranguejo. O site Baby Center do Brasil tem uma série de informação útil desde o engravidar até à idade pré-escolar.

Costumo ir espreitar o calendário da Leonor que indica as capacidades para a sua idade, aos 23 meses a informação (fiz uns ajustes ao texto) é a seguinte:

"Prestes a completar 2 anos, o seu filho provavelmente canta partes de músicas e dizer frases com até três palavras. Algumas crianças com alma de artista conseguem desenhar círculos e linhas, mas não se preocupe se tudo lhe parecer somente um grande rabisco. O importante é estimular a coordenação motora, coloque à sua disposição bastante papel e lápis de cera (melhor do que lápis ou canetas nesta fase).

Aproveite para brincar com objectos de tamanhos diferentes agora que ele começa a entender o conceito de opostos, como alto e baixo e pequeno e grande.

Converse o mais que puder em casa, porque assim será mais fácil identificar algum problema de fala ou audição. Na dúvida, mencione ao pediatra na próxima consulta, já que sessões de fonoaudiologia podem ser bem eficazes para corrigir problemas em crianças pequenas."

Parabéns mamã!

Fiz 33 anos na terça-feira. Nessa manhã quando ela acordou, fui ter a cama dela e disse:
"Olha, hoje a mamã faz anos! Dás-me um beijinho especial?"
Ela fez um grande sorriso, agarrou-se ao meu pescoço e deu-me um beijinho daqueles bem gostosos. Foi a melhor prenda que ela me podia ter dado :)

À noite fomos jantar fora com o tio Paulo, tia Leta e prima Mariana. Encontramos por acaso no restaurante uns tios e primos que têm dois miúdos com 7 e 4 anos e acabou por ser uma grande festança. No final a miudagem cantou-me os parabéns. A Leonor esteve muito empenhada, cantou muito afinada e no final bateu palmas com muito entusiasmo.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Regresso das mini-férias

Aquela semana de férias na aldeia dos avós paternos passou não sabemos bem como. Já regressamos há uma e parece que estivemos lá há séculos.

Em contrapartida a Leonor sentiu bem o impacto do regresso à creche depois de uma semana de folia, pois voltou a fazer fita para ficar. O que vale é que voltou rapidamente ao normal :)

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Iniciação à informática

Como pais informáticos, desde cedo que iniciamos a Leonor à informática. No meio dos seus brinquedos existe um teclado e um rato, está farta de desligar o computador (para mal dos pecados do Ricardo), quando me vê a trabalhar no meu portátil vem de mansinho e quando vou a dar por ela já carregou numa série de teclas.

Trabalhamos com sistemas Microsoft e utilizamos muitas ferramentas gratuitas, denominadas de tecnologia aberta (open source), sendo provavelmente a mais conhecida dos utilizadores o Adobe Reader que permite a visualização de ficheiros PDF.

Ora pela primeira fomos a um evento sobre tecnologia aberta que foi uma agradável surpresa pela qualidade dos conteúdos/oradores e pela excelente organização. Falaram-se de muitos temas, tendo sido a maior fatia sobre o sistema operativo Linux, cuja imagem de marca é um pinguim.

No final do evento, deram como lembrança este giríssimo pinguim anti-stress. Escusado será dizer que para a Leonor foi amor à primeira vista e a conta disso aprendeu a dizer na perfeição "pinguim" :)

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Acessórios para o cabelo

Hoje a Avó Fatinha ofereceu a Leo uma bandelete linda e conseguiu meter-lha por breves segundos.

Deu tempo para tirar esta foto desfocada com o telemóvel.

Olha que coisa mais linda, tão cheia de graça...

Foi a primeira vez que ela se fez à foto e esboçou um sorriso fofo :)

Aqui ainda se vêm aqueles caracóis desgrenhados na nuca que entretanto foram aparados antes de iniciar a creche.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Férias na aldeia dos avós paternos

Estamos a gastar os últimos cartuchos com uma semana de férias na aldeia dos avós paternos perto de Vila de Rei. Passamos o tempo entre brincadeiras no parque, passeios pelo campo, visitas aos galináceos, idas ao café com a Avó e boas sonecas :)

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Pequeno almoço de peso

É bem conhecido que a refeição mais importante do dia é o pequeno almoço. De início metia um pouco de papa no leite dela para alimentar mais, mas há mais de um ano que introduzi também fruta, por sugestão de uma amiga.

Assim a receita de batido que dá um biberão cheio é 250ml de leite, um pedaço de fruta (por norma gosto de meter uma boa fatia da papaia ou então outra fruta da época) e 2 colheres de sopa de papa.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Vestido de princesa

No sábado fomos a um baptizado e aproveitei para estrear este vestido que comprei o ano passado por acha-lo tão lindo.

O vestido é suposto ser para 3 anos (98cm) mas estava tão justo na cintura que acho que já não lhe serve no próximo Verão.

É uma pena, pois ela fica linda com este vestido, parece uma verdadeira princesa de contos de fada... só falta mesmo a farta cabeleira ;)

Regresso às aulas

No dia 1 de Setembro a Leonor começou a adaptação na creche e passados 2 dias começou a ficar o dia todo. O problema é mesmo quando a deixamos de manhã, pois não quer por pé na sala e é literalmente arrancada dos nossos braços (hoje até os dedos ficaram brancos de tanto se agarrar ao Ricardo), mas ao final do dia já não queria vir embora para casa. Como amanhã começam a receber a criançada no recreio pode ser que passe a ser mais fácil deixa-la lá.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Férias

Têm sido umas férias óptimas na casa do Papy e da Mamy no Algarve.

A Leonor anda mesmo feliz e bem disposta, se formos a ver só tem razões para isso, pois tem espaço livre à farta para correr e brincar, recebe resmas de miminhos, preparam-lhe bons petiscos (para fazer face ao apetite voraz), farta-se de brincar com os cães, tem tido idas diárias à praia com algumas banhocas e muitas construções de areia, faz longas sonecas e tem o papá e a mamã a tempo inteiro só para ela :)

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Pseudo-férias a caminho de férias a sério

Este é o último ano de férias forçadas em Agosto. Como todos os anos a ama foi de férias em Agosto e fico em casa com a Leonor.

Até era bom se fossem férias à sério tenho de assegurar e tratar de muitos assuntos da empresa em casa e em alguns casos ir com a Leonor atrás, o que é uma seca para ela e um factor de stress para mim.

Ainda por cima o Ricardo só pode tirar 2 semanas em Agosto, só nessa altura é que vamos para passar uns dias com os meus pais ao Algarve e aí sim ter umas férias a sério.

Nessa altura quero ir a praia com ela todos os dias, pois ela adora brincar na areia e até gosta de molhar os pés na água se não estiver muito gelada, como acontece nas praias da linha. Fomos a uma delas esta semana mas a água estava de tal forma fria que até fazia doer os pés.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Parecenças

Uns dizem que ela se parece comigo, outros que é com o pai.

Na foto da esquerda a Leonor, no meio eu com o meu mano mais velho e à direita o Ricardo.

Na minha opinião ela é uma mistura dos dois :)

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Fase das birras

A Leonor entrou há já umas semanas na fase das birras. Se as coisas não lhe correm como ela entende faz o filme completo: chora, deita-se ao chão e esperneia.

Li algures que é um sinal de crescimento, pois desta forma a criança procura afirmar-se. Na prática, sinto-me desesperada por não saber muito bem como lidar com as birras que chegam a culminar em crises de histeria.

Como sempre, utilizei o meu grande amigo Google para investigar melhor e o que apurei foi que:
- Surgem entre os 18 meses e 3/4 anos, com menor ou maior intensidade;
- Ajudam a criança a aprender a conviver com sentimentos como a frustração e a zanga, a desenvolver a capacidade de auto-controlo e a aceitar o facto de que nem sempre lhe fazem a vontade;
- O papel dos pais é fundamental, pois cabe-lhes ensinar aos filhos outras formas de expressar as suas necessidades e a aceitar o facto de que nem sempre lhe fazem a vontade.

Sendo assim, o nosso papel é o seguinte:
- Prevenir, sempre que possível, as situações que as podem provocar (cansaço, excitação, etc);
- Manter a calma e não gritar para dar exemplo de auto-controlo;
- Dizer não, explicando a razão de o fazerem;
- Dizer que as birras não os farão mudar a sua opinião;
- Se continuar, procurar distraí-la ou não lhe dar atenção por alguns minutos;
- Depois de se ter acalmado, felicita-la por ter optado pelo bom comportamento, e procure falar com ela sobre alternativas de se expressar;
- E o mais importante é ambos os pais serem consistentes: têm que ser firmes e fazerem respeitar as suas regras para que as crianças assim aprendem que tudo tem limites e aprendem a viver em sociedade.

Agora vamos ver como correm as coisas quando se passa da teoria à prática :)

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Despedida da Tia Arlete

Hoje foi o último dia da Leonor e do Sandro na casa da Tia Arlete, pois Agosto é o mês de férias dela e em Setembro ambos vão para vão para a creche.

Foi um ano e meio em que ela cuidou e educou a nossa princesinha, dando-lhe muito amor e carinho.

No diário deixou a seguinte mensagem:
Querida Leonor,
Esta mensagem é para ti...
Durante vários meses juntas vivemos momentos de alegria, de brincadeiras, achando muito graça às tuas primeiras graçinhas! Aqui comeste as primeiras papas, aprendeste a dizer as primeiras palavras, a sentar, a gatinhar e a andar.
Leo, querida, sei que desta vez este é o último texto que escrevo sobre ti, minha ratita esperta. Vou sentir saudades tuas, mas a vida terá de continuar e espero receber em breve visitas tuas. Todos nós cá em casa temos muito carinho por ti. Quem não terá?
Espero que continues a desenvolver a tua mente e sejas uma menina muito inteligente, bondosa, sociável e que as tuas birritas depressa passem.
Desejo que a tua vida futura te sorria em todos os aspectos. Tudo de bom e muitas muitas felicidades para ti e os teus papás.
Um beijo daquela que esteve sempre ao teu lado com muita amizade.
Arlete

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Parabéns kido Sandro

Ontem foi o aniversário do Sandro, grande amigo da Leonor na casa da ama. Fez 3 anos e a festa de aniversário acabou por ser também a festa de despedida, pois amanhã é o último de ambos na casa da ama. Ele vai para a Casa Pia e ela vai para a creche ao pé da nossa casa.

É o final de um ciclo, sinal de que ambos já estão crescidos e vão iniciar um nova etapa no seu crescimento e formação como ser humano.

Espero que a amizade se mantenha, pois desde o primeiro dia houve uma grande empatia entre eles, que entretanto se fortaleceu e transformou-se numa grande amizade cheia de cumplicidade.

segunda-feira, 27 de julho de 2009

"Anda!"

Este fim-de-semana saiu-se com uma nova, chega-se ao pé de nós, pega na nossa mão, começa a puxar e diz "Anda!".

Normalmente é para "corrigir" alguma asneira que fez, no meu caso foi porque desligou a televisão e queria que eu ligasse de novo. Espertalhona!

sábado, 25 de julho de 2009

Desenhos animados preferidos

Temos vindo a experimentar novos desenhos animados, é engraçado como alguns dos que ela não apreciava antigamente passaram agora a ser os favoritos e sabe os nomes das personagens todas!

Quando começou a ver desenhos animados há uns meses atrás adorava o Boom & Reds e o Noddy e pouco tempo depois a paixão principal era o Ruca.

Actualmente é a Heidi, é engraçado gostar de um desenho animado dos tempos em que os pais eram crianças e que ambos adorávamos. Também gosta de ver o Sam Sam, a cadela Marta, o urso Bernard e Dora a exploradora. Quanto aos mais antigos, o Ricardo vai fazendo tentativas e ela gosta bastante dos esquilos Bana e Flappy e do Marco. Quanto aos filmes de animação adora o ursinho Pooh e o Livro da Selva.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Deixar a fralda

Começamos esta semana a aventura de deixar a fralda, após muita leitura e partilha de experiências. Uma coisa é certa, cada criança tem o seu ritmo e não devemos forçar. É também importante que a criança tenha já algumas capacidades de comunicação e que já passe períodos de tempo longos com a fralda seca, sinal que já tem algum controlo na esfíncter. Depois entra em cena o papel dos pais e/ou prestadores de cuidados (creche, ama, empregada) que deverão repreendê-los quando se descuidam e incentiva-los quando fizerem no bacio ou sanita.

Tentamos uma primeira abordagem com o redutor da sanita, mas mal a sentava lá ela começava a choramingar, provavelmente por ter medo de estar em altura. Então noutro dia tentamos o bacio e foi um sucesso logo à primeira vez, quando ao acordar de manhã a sentamos lá e ela fez um belo xixi. Deve ter sido sorte de principiante, pois tentamos outra vez deixa-la sem fralda ao final do dia para ela fazer xixi no bacio e descuidou-se e fez na varanda. Hoje tentamos outra vez de manhã e não fez, pois estava com a fralda já ensopada e já não tinha vontade.

Vamos ver se no fim-de-semana com mais calma as coisas correm melhor.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

A cantar a canção do Ruca

video

Não fosse o Ruca o seu desenho animado favorito. O filme é curto e só apanhei o final da canção, mas adoro o grau de pormenor ao qual vai quando canta esta canção. Até a gargalhada lá está.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Memória de elefante

Hoje no regresso para casa resolvi ensinar à Leonor o seu nome completo. Por acaso nem tem um nome muito comprido, contrariamente à tradição portuguesa, pois só são 4.

Repetia o nome completo, ia perguntando: "Como te chamas?", ela respondia: "Leonor", eu insistia: "E os outros nomes?" e ela continuava: "Leonor".

Fui repetindo o nome completo, tentando que ela repetisse os nomes isoladamente. Ao fim de 10 minutos chegamos a casa e eu parei, pois já estava satisfeita por ela responder Leonor.

Chegou o Ricardo e contei-lhe que quando ela já sabia dizer o nome quando se perguntava. Então ele pergunta-lhe como se chamava e para nosso espanto respondeu o nome completo!

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Brincadeiras no parque

Fomos ontem ao parque e é engraçado como ela adora brincar com os mais crescidos. E claro, quer também imita-los a andar nos equipamentos mais sofisticados.

Fiquei admirada por ela já se aguentar tão bem a andar nos cavalinhos. Falo por mim, pois fico com a cabeça a andar a roda passado pouco tempo, mas ela não. Pelo contrário, pede para andar com mais força e farta-se de rir.

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Vamos fazer amigos entre os animais

Cada vez mais adora animais. Da última vez que fomos à casa dos avós paternos estavam na casa ao lado estes 2 cães sedentos de carinho e brincadeira.

A Leonor foi logo ter com eles mal os viu, fui logo a frente para ver se eram tão amigáveis quanto pareciam ou se era preciso ter cuidado.

Não havendo perigo, deixei que ela lhes desse umas festinhas, eles adoraram a atenção e fartaram-se de a lamber em agradecimento. Uma ternura.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Já conta até 10

Há umas semanas atrás, o Ricardo um dia lembrou-se de contar em voz alta os degraus que a Leonor subia com a sua ajuda para a motivar a subir pelo seu pé.

Por norma os lanços de escada que ela costuma subir têm entre 8 a 10 degraus. Logo na 2ª vez que contamos, ela repetiu "1, 2, 3" e ficamos de boca aberta. A 3ª vez já contava até 10.

Agora passadas umas semanas conta até 10 sem se enganar. Até a ama que já tem mais de 20 anos de experiência com crianças diz que a Leonor tem uma inteligência acima da média e eu fiquei toda inchada de orgulho.

Para além do já extenso vocabulário, já sabe muitas canções de cor: o sapo, o cavalinho de papel, os parabéns a você, as músicas do Panda, a canção da Heidi, do Ruca, entre outras.

Agora estamos curiosos em ver como será a sua evolução quando entrar para a creche em Setembro.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Marquesa Leonor

Fomos ver uma exposição para crianças sobre o Marquês de Pombal, na sequência dos 250 anos do concelho de Oeiras. Tem uma série de coisas giras, nomeadamente o poder meter uma peruca a imitar as que se usavam naquele tempo.

Foi só rir quando metemos a peruca a Leonor, pelo ar satisfeito dela a andar de um lado para o outro. Pessoalmente acho que lhe fica lindamente. Uma verdadeira boneca de porcelana ;)

Parabéns papá Ricardo - 37 anos

No meio do torbilhão de acontecimentos dos últimos dias, as
37 primaveras do papá Ricardo passaram desapercebidas. Muitos parabéns!

Para marcar o dia fiz um pequeno bolo de chocolate que estava uma delícia... foi devorado em menos de 24 horas :p

terça-feira, 7 de julho de 2009

Adeus bisavô Abílio

O querido bisavô Abílio, cujas 98 primaveras foram festejadas na véspera do dia do pai, faleceu ontem, após uma semana de internamento devido a um início de enfarte.

Não viu concretizado o seu desejo de completar 100 anos e de fazer a famosa festa na aldeia com foguetes e banda filarmónica de que ele falava todos os anos. Ficam as boas recordações e uma vida vivida em pleno e com saúde, mas sempre com muitas saudades da sua querida Bela que faleceu há 14 anos.

Em memória, dedico esta canção poderosa do Collin Raye que adoro e cuja letra me vem sempre à cabeça nesta alturas, chamada Love Remains:

We are born one fine day
Children of God on our way
Mama smiles daddy cries
Miracle before their eyes
They protect us til were of age
Through it all love remains

Boy moves and takes a bride
She stands faithful by his side
Tears and sweat they build a home
Raise a family of their own
They share joy they share pain
Through it all love remains

Kingdoms come and go they dont last
Before you know the future is the past
In spite if whats been lost
Whats been gained
We are living proof love remains

I dont know baby what Id do
On this earth without you
We all live we all die
But the end is not goodbye
Seasons come and seasons change
But through it all, love remains.

An eternal burning flame
Hope lives on and love remains.

terça-feira, 9 de junho de 2009

Gysmo internado com obstrução urinária

Ontem durante o dia achei realmente estranho o comportamento do Gysmo. Estava a ir muitas vezes à caixa de areia e mal saia de lá lambia-se imenso. O comportamento foi agravando-se, mas só me aprecebi do que poderia ser quando o vi a entrar e sair da caixa freneticamente e ele tentou fazer final do dia na bacia onde estão as molas e fui dar com a areia completamente seca!

Nunca tinha acontecido, mas percebi logo que era um problema urinário. Lá liguei quase à meia noite para a clínica veterinária e a veterinária disse que ele tinha de ser desobstruído de urgência, antes que entrasse em coma.

Lá fui desvairada, foi sedado, arregaliado e ficou internado para levar soro com antibiótico e anti-inflamatório. Vai ter de ficar com a arregália durante 5 dias, para isso teve de ser suturada (coitado do Titinho) e vai ter de usar o "funil" na cabeça para não ir lá mexer.

Foi um grande susto, pois todos adoramos o gato e só dou graças a Deus de me ter apercebido a tempo que algo de grave se passava com ele.

sábado, 6 de junho de 2009

Creche - round 2

Está confirmada a vaga para a Leonor para Setembro desta vez numa creche mesmo ao pé de casa. Já estava a dar em doida de ter de a deixar sempre longe de casa, tornando-me completamente dependente do carro para a levar e não podendo contar com mais ninguém para a ir buscar.

São inúmeras as vantagens desta creche, que nos foi referenciada por um colega do Ricardo que tem lá o filho há vários anos:
- A meu ver a proximidade de casa é a mais importante, assim posso ser eu ou o Ricardo a leva-la/busca-la a pé;
- Inclui as actividades de ginástica e música, para além disso fazem muitas saídas ao campo, praia, etc;
- Horário alargado até as 19:30 sem pagar mais por isso;
- As instalações são excelentes;
- Não fecha em Agosto;
- São muito simpáticos;
- Tem jardim de infância (até aos 5 anos) e ATL (até aos 12 anos).

terça-feira, 2 de junho de 2009

Feliz Dia da Criança

Este ano festejamos a dobrar.
Domingo fomos pela primeira vez ao Jardim Zoológico. Foi um sucesso e saímos de lá estoirados!

Ontem, foi jantar na casa dos avós paternos, com os tios Paulo e Leta e prima Mariana. As brincadeiras e prendinhas estiveram na ordem do dia.

Hoje recebeu uma linda prenda da ama Arlete: um vestido as flores verdes.
É bom ser-se criança :)

quarta-feira, 13 de maio de 2009

19 meses

Está cada vez maior e mais esperta. Curiosamente tem sempre qualquer coisa no dia em que completa mais um mês, desta vez parece ter sido uma virose.

Teve 38.7ºC na terça-feira, comeu mal e não dormiu e só dizia dói-dói e apontava para os ouvidos ou para as costas. Com medo que fosse algo relacionado com os rins, lá fomos nós para o HSFX. Depois de 5 horas de espera, ficamos a saber que não era otite, nem infecção urinária. E quando os médicos não sabem o que se passa, dizem sempre que é uma virose.

Hoje ficou em casa, ainda um pouco febril e a queixa-se ao comer. Provavelmente tem a garganta um pouco inflamada. Se amanhã não houver melhoras vamos ao centro de saúde.

Estimulação do intelecto

Os pediatras recomendam começar a estimular o intelecto através de actividades tal como a leitura, ouvir música, etc.

Até agora a Leonor gosta muito de:
- ouvir uma história ao deitar;
- ouvir músicas infantis (começa a saber as letras);
- ouvir música clássica ou ópera (fica fascinada);
- ver o Ruca e os vídeos das músicas do Canal Panda;
- fazer rabiscos (incentivo à criatividade);
- explorar a natureza.

terça-feira, 5 de maio de 2009

Behind these hazel eyes

Durante muito tempo disseram-me que ela ia ter os olhos azuis. De facto quando tirávamos fotos via-se um reflexo azul.

Com o tempo os olhos mudaram de tonalidade para o verde. Mas nesta ampliação da foto é que se vê bem a cor, que conheço como hazel, isto é, uma mistura entre verde e cor de avelã.

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Dia da mãe

Hoje foi um dia em cheio. Almoçamos na casa dos avós paternos na companhia da tia Leta, tio Paulo e prima Mariana.

Depois fomos para ao parque aproveitar este verdadeiro dia de Verão. Fartou-se de brincar com imensos meninos de diferentes idades, mas é curioso como ela gosta dos mais velhos. Mais curioso ainda é eles quererem brincar com ela, dado ela ser tão pequenina ainda.

No final, ainda voltamos à casa dos avós para brincar à bola no pátio e no final ainda jantamos lá antes de voltar para casa. Já em casa, comeu 2 daninhos e depois de uma bela banhoca foi direitinha para a cama e ferrou-se logo a dormir. Estava mesmo cansadinha.

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Primeiro corte de cabelo

Ao fim de ano e meio, constatei que tinha chegado a altura da Leonor levar o primeiro corte de cabelo. Realmente já não tinha ponta por onde pegar, pois cada madeixa de cabelo tinha um comprimento diferente. Achei muita graça ao termo que a nossa querida amiga XXL usou quando a viu na festa do dia do pai: "Tens de lhe cortar esse cabelinho de rato".

Como também o cabelo não abunda, acabei por apenas acertar as pontas. Ficou mais curtinho, mais liso e mais composto. Depois do Verão é que eventualmente levará um corte mais a sério.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Leonor pela verdura...

Cada vez mais feminina

No Domingo a tia Leta deu a Leonor uma linda mala de missangas que era da Mariana e agora anda muito vaidosa com a malinha à tiracolo ou ao pescoço.

Aos poucos torna-se cada vez mais feminina, no entanto, continua com a mesma aversão a tudo o que seja meter ganchos, fitas, elásticos e afins no cabelo. Vamos lá ver quem é mas teimosa, se mãe ou filha, pois vou continuar a tentar.

Como diz o provérbio: "Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura!"

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Dia da Terra

Porque o planeta é de todos, porque não encarar as partes comuns como um grande condomínio, o Condomínio da Terra: http://earth-condominium.com/#one

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Consulta dos 18 meses

Hoje fomos à consulta dos 18 meses, que tinha sido adiada da semana passada para hoje por causa da varicela. Nesse campo já está tudo OK , hoje voltou para a casa da ama Arlete, estava cheia de saudades dela e dos amiguinhos. As crostas estão a cicatrizar bem, mas a pediatra prescreveu Biafine Pomada para ajudar a cicatrizar melhor as que continuam mais vermelhas e as crateras que algumas crostas possam deixar ao cair.

O crescimento está óptimo (temos mulherão!) e por isso vai deixar de tomar as vitaminas C e D:
- Peso: 11,250kg - entre o percentil 50 e 75
- Estatura: 82cm - percentil 75
- Perímetro cefálico: 48,5cm - percentil 95

Abordamos vários temas nos quais tinha algumas questões:
- Alimentação: vai deixar o leite em pó e vai passar a beber leite de crescimento (Mimosa, Nestlé,...)
- Calçado: em casa usar meias antiderrapantes e agora no Verão usar umas sandálias abertas de lado, sola com relevo, contrafortes laterais, mas que tenha sola não demasiado mole;
- Brincadeiras: tentar deixa-la ver o menos televisão possível, meter música, estimular o desenvolvimento da minúcia com brinquedos tipo encaixe de argolas ou cubos, dar papel e lápis de cera para começar a fazer rabiscos;
- Desenvolvimento: começar a desabitua-la do biberão, usando copo com palha e/ou copo com bico; desabituar aos poucos da chucha, deixando de colocar a chucha pendurada no porta-chucha (deixei de o fazer já há alguns meses), dar apenas ao deitar ou quando faz birra;
- Educação: está numa idade terrível e é importante delinear bem os limites. Eu queixei-me e claro que não tardou muito a mostrar o quão marota anda e as birras que faz quando as coisas não correm como ela entende - Indicações importantes: mãe e pai têm de estar sintonizados (nada da mamã reprender e o papá ir por trás dar colo e mimo); dizer não e se ela insistir, pegar nela senta-la e dizer com cara zangada o que fez de mal e virar costas; deixar a palmada para último recurso, pois pode criar "calo" e deixar de surtir efeito;
- Higiene oral: basta lavar os dentes à noite ao deitar.
- Vacinação: Como esteve com varicela e o sistema imunitário está de rastos, só leva o reforço da Prevenar e DTP aos 19 meses (a amiga XXL já me tinha avisado).

Entretanto na semana passada tinha ido ter com a pediatra à Estefânia para ela passar a Cintigrafia à Leonor. Estamos à espera da credencial e ficou combinado de avisar na semana seguinte a ela fazer o exame para a pediatra ver o resultado no hospital e assim decidir o passo seguinte.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Varicela!

Como já estavamos a prever, passados 15 dias a Leonor ficou com varicela. Estavamos nós no Algarve para passar a Páscoa com os meus pais quando apareceu uma pinta no peito, muito vermelha com uma cabeça de àgua e 38ºC de febre, depois multiplicaram-se a uma velocidade doida, talvez pela febre não baixar com o ben-u-ron, quando parecia ter estagnado vinham mais uma fornada delas... ficou literalmente coberta da cabeça aos pés. Como disse a nossa amiga XXL "a coelhinha virou pipoca" :) A 1ª foto foi tirada ainda na fase inicial e a 2ª foi tirada ontem a noite.

Até mete dó olhar para ela, não houve parte do corpo que fosse poupado. O pior dia foi a noite de segunda para terça, pois passou a noite a chorar e foi de tal forma que só ficava bem no meu colo, a ouvir o batimento do meu coração... traria recordações da sua confortável estadia no útero? Foi de tal forma que excepcionalmente a levei para a nossa cama e depois de muitas voltas adormeceu em cima da minha barriga.

A pediatra indicou-me o seguinte tratamento:
- Atarax (antiestamínico): 2,5 ml de manhã e à noite para acalmar a comichão;
- Ben-u-ron (antipirético): 4,5 ml de 6 em 6 horas;
- Amido de milho (mais conhecida por farinha Maizena): 2 colheres de sopa na água do banho para acalmar a comichão.

Quando perguntei se metia alguma coisa nas borbulhas (Pruciced, Bétadine, ...) disse para não meter nada e que depois receitaria uma pomada cicatrizante. Fiquei admirada quando vi que era o Biafine, pois pensava que era só para queimaduras. Acabei por seguir essa indicação, pois gritava de dor quando lhe tentamos meter o que quer que seja sobre a pele. Efectivamente aliviou-a bastante.

Hoje está francamente melhor, as borbulhas estão quase todas em crosta, já dormiu a sesta e as noites voltaram ao normal. Cá estamos as duas de quarentena em casa e só temos "alta" quando as borbulhas estiverem todas em crosta.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Amigo Ruca

Anda louca pelo Ruca! Acorda e deita-se a dizer o nome, é de tal forma que de início dizia "Kuka" mas agora já diz perfeitamente "Ruca".

Não se cansa, por mais vezes seguidas que se meta o mesmo episódio e fica sempre com ar muito compenetrado.

terça-feira, 31 de março de 2009

Festa do Dia do Pai nos Francisquinhos

No Sábado foi a festa do Dia do Pai nos Francisquinhos. Aproveito para corrigir uma falha minha e mandar um beijinho ao Papá Ricardo, que tanto adora a sua menina :) Ela também é louca pelo pai e adora ir com ele para o País dos Brinquedos. Se de manhã acorda e apercebe-se que o pai já saiu para o emprego, farta-se de perguntar por ele.

Informações sobre a varicela

A Mariana está com varicela e dado a Leonor ter estado com ela no Domingo, estive a fazer uma pesquisa sobre a transmissão, sintomas, fases e tratamento e encontrei estes documentos que me pareceram muito completos:
- Drª. Rita Pereira e Dr. Helder Gonçalves - Serviço de Pediatrian do Hospital Espírito Santo de Évora: Varicela.pdf
- Dr. Armando Fernandes do Centro pediátrico de Telheira: Varicela.pdf

Li com admiração que existe desde 2005 uma vacina chamada Varivax (custa cerca de €50) cuja taxa de eficácia está na ordem dos 70% a 90% (ver artigo), tendo a sua exclusão do Plano Nacional de Vacinação sido polémica no meio médico (ver artigo).

Curiosamente, nos Estados Unidos, cujo sistema de saúde foi rotulado como um dos piores ao nível dos países industrializados, a vacina começou a ser comercializada em 1995 e actualmente 95% das crian­ças americanas estão vacinadas tendo-se verificado uma diminuição drástica o número de doentes afectados (ver artigo).

Segundo igualmente li, a administrada da vacina no período de 3 dias após exposição à doença pode prevenir uma infecção clinicamente aparente ou modificar o curso da infecção.

Fiquei igualmente a saber que os brasileiros chamam-lhe catapora :)

sexta-feira, 27 de março de 2009

Adenda - palavra

Eu sabia que me tinha esquecido de algumas palavras:
- Quico (não sabia mas é outro nome aos chapéus de pano que os miúdos levam à praia)
- Tótó (ouviu-me a chamar isso ao Ricardo e desde então repete que nem um papagaio)
- Kidado = Cuidado
- Futa = Fruta
- Nhinho = Banhinho
- Pota = Porta
- Chucha

Gastroenterite

Na semana passada, a Carla, agora já com 6 meses, apareceu na segunda-feira com febre, vómitos e diarreia. Disse logo à Arlete que devia ser uma gastro mas ela ficou a mesma com ela a semana toda, pois a mãe da pequena afirmou que o médico disse que não era nada. Ainda acrescentou que sendo assim só podia ser bruxedo :o

É claro que eu tinha razão, pois a Leonor começou 5 dias depois com os mesmos sintomas e no Domingo começou a desgraçada da Arlete. Como a pediatra não atendia o telefone e não respondia aos SMS, resolvi leva-la ao HSFX. Receitaram-lhe ben-u-ron para a febre e indicaram para não lhe dar água nestas situações, mas sim chá preto açucarado e que se passado meia hora não vomitasse então tentar dar algo para comer.

Entretanto a pediatra ligou-me, já eu tinha saído do hospital e disse-me era escusado ir ao hospital e deu-me as indicações a seguir numa próxima situação destas:
- Preparar soro de hidratação Dioralyte: 2 saquetas em meio litro de água, dar ás colheres de 10 em 10 minutos e nada de comida
- Passadas 2 ou 3 horas podem ocorrer 2 cenários:
1 - Tolera e então faz-se uma dieta de arroz cozido sem ser lavado com cenoura e galinha/frango, banana, maçã e/ou pêra cozida, iogurte natural e muitos líquidos
2 - Vomita e então dar 5 gotas de Primperan (Substância Activa: Metoclopramida) solução oral e passado meia hora dar novamente soro de hidratação até tolerar e então seguir o ponto 1, no caso da diarreia ser aguda dar uma cápsula de Tiorfan Infantil 2 vezes ao dia.

Graças a Deus que não foi preciso nada deste tratamento pois no Sábado já não evidenciava sintomas, só estava muito cansada e no Domingo esteve totalmente normal, tendo até ido ao parque com ela. Na segunda, estava a Arlete de molho e fiquei com ela em casa, aproveitamos para passear à tarde e lanchamos no parque :)

Mais palavras

A listagem extensa, pois já não fazia uma adenda das novas palavras há algum tempo. De certeza que me esqueci de algumas, mas fica para a próxima actualização :p
- Mãe
- Pai
- Avó
- Avô
- Mamy
- Papy
- Não
- Xim = Sim
- Pato
- Cão
- Vaca
- Galo
- Menino
- Menina
- Bye bye
- Uva
- Bola
- Pê = pêra
- Titi (o nosso gato)
- Zé (marido da ama Arlete)
- Zita (mãe da ama Arlete)
- Nana = Qualquer nome acabado em "ana", nomeadamente as primas Mariana e Joana
- Kuka = Ruca (anda agora com uma loucura por este desenho animado)
- Ninho = banhinho
- Papato = sapato
- Api = a ama diz que é "abrir", eu tenho algumas dúvidas mas também não consigo arranjar outro significado

segunda-feira, 23 de março de 2009

Parabéns Bisavô Abílio!

Quarta-feira passada fomos à casa do Bisavô Abílio para lhe dar um beijinho no dia do seu aniversário e dizer: Parabéns Bisavô Abílio pelo 98 anos! É obra! Está muito bem conservado, mas a memória já vai dando sinais de desgaste, no entanto, continua com o mesmo discurso dos últimos 8 anos, se chegar aos 100, vai fazer uma festa na sua terra natal, com banda filarmónica e fogo de artifício :)

A Leonor portou-se muito bem, deu beijinhos ao Bisa e toda a família presente: avós, tias/tios, primos/primas... a casa estava cheia. Houve muitos petiscos, muita conversa posta em dia e a Leonor foi proclamada a mais bonita e simpática da família :) Fiquei toda babada ;)

domingo, 15 de março de 2009

Sapatos novos

Ontem fomos à Seaside de Alfragide e vimos estes sapatos formativos muito giros. Como as botas estavam já a ficar pequenas e eram muito quentes compramos estes.

Ela gosta muito deles e até parece-me que anda melhor e tudo.

quarta-feira, 11 de março de 2009

Já anda! Finalmente!

Sexta-feira fomos jantar à casa dos pais do Ricardo, estava lá também a tia Leta e prima Mariana e ao final do jantar estávamos todos sentados no sofá e poltronas a conversar. Estava a Leonor a praticar a marcha segurando nas mãos da tia, quando ela começou a largar a mão e seguiu sozinha na minha direcção. Estávamos todos de queixo caído, incrédulos... batemos todos palmas ao feito e ela toda satisfeita com a festa que fizemos voltou a repetir mais vezes a proeza, dando vários passos sozinha :)

Dei a boa nova na segunda-feira à Arlete e deve ter feito um treino intensivo, pois ao final do dia ela disse-me que a Leonor meteu-se de pé sozinha e veio ter com ela à cozinha a andar.

Portanto é oficial, a Leonor já anda! Yeeaaahhh!!! :D

segunda-feira, 9 de março de 2009

Brincadeiras e mimos

Aproveitamos o Carnaval no Algarve para dar um pulo à praia para ela brincar na areia.

Viu-me deitada e para ela isso é um convite claro para a nossa brincadeira do cavalinho, que só a mamã sabe fazer, claro! Ri-se que nem uma perdida e eu também acabo às gargalhadas perante aquela euforia.

Depois, sem eu pedir, veio dar-me um dos seus já típicos beijos bem sonoros que fazem as delícias de quem os recebe.

Acho que dá para ver a baba a escorrer ;)

sexta-feira, 6 de março de 2009

Moranguinhos da Mamy

Parece estar a dar a sua aprovação aos morangos maravilhosos que a avó trouxe para ela do Algarve (cultivados por ela).

Foi a primeira vez que provou sem ser nos boiões de fruta, adorou e comeu tudo até ao fim!

Já estou a imagina-la na primavera a percorrer o morangal devorando morangos a torto e a direito.

Leonor e Mariana no País dos Brinquedos

País dos Brinquedos - nome dado pelo Ricardo ao cantinho que ele arranjou no sótão para os brinquedos dela. Acabam ambos por passar lá muito tempo ao fim-de-semana, pois enquanto ele trabalha no computador ela brinca mesmo ao lado ou fica a ver músicas e filmes infantis.

De vez em quando a prima Mariana vem cá a casa brincar com a Leonor. Acho o máximo adorarem brincar uma com a outra apesar da diferença de idades de 6 anos.

É uma ternura vê-las juntas.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

VASP - continuação

Até agora, o único sintoma de que me apercebi foi uma febre baixa, mas ela continua bem disposta e cheia de energia.

Também me parece ver umas leves borbulhas em redor da boca, mas o Ricardo (toupeira) diz não ver nada.

Estou sempre de alerta, pois aproxima-se o período indicado pela XXL como sendo o de se verificar as reacções à vacina.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

VASP

Hoje (a 1 dia de fazer 16 meses) fomos ao Francisquinhos para a Leonor levar a vacina VASP (contra o Sarampo, Papeira e Rubéola).

Ela estava encantada por re-explorar os Francisqunhos e nem se apercebeu que estavamos a desabotoar a camisola e que a XXL estava a afastar o body para passar à acção. Picou e mal começou a sentir a injecção mandou um salto (lá devia ter a sensação dos vidrinhos a entrar) , a agulha sai do sítio e teve de voltar a picar.

Fiquei destroçada ao vê-la com as lágrimas a correr 4 a 4 e a boca aberta sem sair qualquer som, nem posso imaginar como seria a dor, pois nunca a vi assim e a coitadita já tem passado por muito até agora.

É claro que como mãe prevenida, trouxe suborno... isto é, o Chamodent que ela adora. Surtiu logo efeito, acalmou-se mal saboreou o que tinha na boca. Depois disso ainda ficou a brincar com os muitos brinquedos que a Tia XXL tem para os seus meninos.

Perguntei à XXL se lhe dava um ben-u-ron hoje, mas ela disse que a reacção deveria aparecer passados 1 semana. Pelo sim, pelo não. meti-lhe o ben-u-ron.

Vamos ver se a reacção não é muito má.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Apetite de leoa

A Leonor sempre teve um bom apetita, mas de há uns dias para cá desenvolveu um apetite de leoa!

Come uma tigela enorme de sopa com peixe/carne e arroz/massa, uma peça de fruta inteira, um boião de fruta e no final ainda continua a abrir e fechar a boca a pedir mais, eu é que não lhe dou por achar que é exagero.

Se continuar assim passa de lontrinha a leoa. Roooaarrrrr! :P

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Novos amigos na casa da Arlete

A Arlete tem novamente casa cheia e a Leonor ficou muito feliz com isso. Aparentemente tinha saudade da algazarra de tantos amiguinhos. Afinal, o amigalhaço Sandro (que ela chama de Kido, dado ele também a tratar por Kida) só vai à tarde depois de almoço e ela devia sentir-se um pouco só de manhã.

No início do ano entrou a Carla, uma bebé de 4 meses muito querida e gordinha. A primeira vez que a viu, foi rapidamente a gatinhar para ela e disse várias vezes "Bebé!". Tão querida :)

Em meados de Janeiro, entraram duas irmãs, a Sofia de 9 meses também muito querida, muito roliça e super crescida e a Inês de 5 anos, que já esteve na casa da Arlete dos 4 meses aos 2 anos. A Inês fica só até Setembro, altura em que vai para a primária e a Sofia deve ficar para o próximo "ano lectivo".

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Conjutivite

Sai de uma e mete-se noutra... agora está com uma conjuntivite que mete medo. Desconfio que apanhou no consultório da Drª Arlete, pois fomos à consulta segunda à tarde e terça de manhã esfregava muito os olhos, tinha remela, olhos inchados, pálpebras e olhos vermelhos.

Fui busca-la à ama às 17:00 e levei-a logo ao HSFX para ser vista. Nunca fui atendida tão rápido, pois nem eram 18:00 quando de lá saí. Prescreveram Clorocil gotas de 4 em 4 horas e Clorocil pomada oftálmica ao deitar, isto durante 7 dias.

Hoje já está francamente melhor, já quase que nem se nota e só se lembra de esfregar os olhos de vez em quando. Mais uns dias e está completamente recuperada :)

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Consulta dos 15 meses e resultado da gamacistografia

Hoje a Leonor foi a consulta dos 15 meses (feitos na 3ª passada). Chegamos, cumprimentamos a Drª Arlete Neto e ela perguntou que novas graçinhas a Leonor fazia, que palavras já dizia e se já andava. Respondi-lhe que estava melhor no campo das letras que na parte motora :p

Mandou-a despir e enquanto o fazia perguntei-lhe logo se ela já sabia o resultado da gamacistografia e ela respondeu que estava à espera que eu perguntasse, o que me deixou logo apreensiva. Fiquei ainda mais quando vi a cara dela e percebi que a minha esperança em ouvir que estava tudo bem tinha acabado de cair por terra.

Ela explicou que a Leonor está a fazer refluxo bilateral activo, ou seja, a urina regressa da bexiga para os dois rins quando ela faz força para urinar. Quando perguntamos qual era a próxima estapa ela foi muito reservada, apenas disse que teria de fazer uma segunda cintigrafia aos 18 meses para verificar se ela tem alguma cicatriz e que só a partir daí se poderia encontrar uma solução e que para além disso, sendo refluxo activo, é sempre possível que o problema tenha uma resolução espontânea (oxalá).

Fez-lhe um exame físico completo, oscultou-a e estava com muita expectoração. Portanto vamos fazer 1 semana de aerossol com 5ml de soro e meia ampola de Atrovent para fluidificar a expectoração, fazê-la tossir (só o consigo fazendo-a chorar), meter soro no nariz e aspirar as secreções. Só depois de estar melhor é que pode ir à vacina levar a VASP.

O crescimento está óptimo, só se foi um pouco abaixo no peso com esta gripalhada:
- Peso: 9,800kg - entre o percentil 25 e 50 (peso pluma)
- Estatura: 79cm - percentil 75 (oficialmente deixou de ser XS!)
- Perímetro cefálico: 48cm - percentil 90 (cada vez mais cabeçuda, não admira que as blusas não lhe caibam pela cabeça!)

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Mamy and me

:)

Papy and me

Palavras para quê?

Camaleão

Quando estivemos no Algarve pelo Natal, o meu pai encontrou um camaleão na vinha e lembrou-se de trazê-lo para casa para a Leonor ver pela primeira vez esta espécie em via de extinção.

No início não achou muita piada... olhou desconfiada, tentou afasta-lo e até choramingou quando lho meti em cima. Até é compreensível, afinal não tem o aspecto fofinho dos animais que até agora conheceu. As coisas correram melhor depois de ele transitar para o meu braço, pois ela já podia observar e tentar mexer naquele bicharoco tão estranho :)

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Momentos de ternura

Já começam a ser muitos, mas só quando ela quer (sai à sua mamã), o que torna cada momento de ternura precioso e me sinta literalmente a derreter :)

Adoro todos eles, mas estes em especial:
- olhamos fixamente nos olhos uma da outra;
- abraça-se a mim e deita a cabeçinha no meu ombro;
- resolve dar-me um beijinho bem sonoro ou uma festinha na cara;
- deita a cabeça no meu colo e rebola-se quando estou a brincar com ela no chão ou quando percebe que me vou embora (chantagista! O pior é que funciona sempre).

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Coucou

A última da Leonor é chegar-se ao pé de nós e dizer alto e bom som: "Coucou!" e tendo a certeza que nos chamou a atenção gatinha a fugir para ver se vamos atrás dela :)

Por norma o papá Ricardo vai a correr atrás dela e diz-lhe "Vou-te apanhar! Vou-te apanhar!" e ela gatinha ainda com mais força a rir às gargalhadas. Só visto!

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Palavras, frases e sons

As últimas palavras são:
- Água
- Bibi = biberão
- Car = brincar
- Quê = quer
- Pãn = pão
- Más = mais
- Mâss = massa
- Mé = meu
- Mi = minha
-Páda = panda (onde terá aprendido esta palavra?)

Começamos a querer ter frases, sempre acompanhado do dedo a apontar para o alvo, para não restarem dúvidas:
- Quê pãn = Quero pão
- Quê água = Quero água

E começa a imitar sons de animais:

Pergunto: "Como faz a cão?" e a Leonor faz: "Auau"
Pergunto: "Como faz o galo?" e a Leonor faz: "Cócócócó"
Pergunto: "Como faz o ovelha?" e a Leonor faz: "Mêmê"
Pergunto: "Como faz o porco?" e a Leonor faz: "Grgrgrgr"

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Gamacistografia

A Leonor começou logo o ano em cheio, hoje foi fazer a gamacistografia para verificar se está a fazer refluxo vesico-ureteral e eventualmente confirmar o diagnóstico da duplicidade pielocalicial bilateral.

Tinha imaginado um cenário negro, mas afinal foi bastante pacífico... deitaram-na na maca só com o body, passaram uma compressa com Bétadine em toda a vagina, inseriram uma sonda muito fina, retiraram com uma seringa toda a urina da bexiga, ligaram um saco com soro à sonda, injectaram o contraste na extremidade da sonda e ficamos à espera que a bexiga enchesse. Assim que ela fez xixi, tiraram alguns planos e estava pronta para ir embora. Ela só protestou da Bétadine (devia estar fria) e no fim do exame por estar impaciente de estar tanto tempo deitada. A minha super-bebé é valente! :)

Logo que acabou o exame perguntei se havia refluxo, mas a técnica disse logo que a médica não estava cá e que só ela poderia dizer alguma coisa caso assistisse ao exame. Bolas! Ela bem que podia ter dito... se calhar até foi melhor assim, não fico com macaquinhos na cabeça e a consulta é já dentro de 15 dias e então saberemos o resultado e qual a próxima etapa.

Já estamos em 2009!

É verdade, mais um ano passou. Que este novo ano traga novos desenrolares nas nossas vidas, com muita saúde, amor e alegria. Espero que a saga renal tenha um desfecho este ano.

Para a alegria está a Leonor de serviço, faz a festa, deita os foguetes e apanha as canas. É sem dúvida uma luz brilhante nas nossas vidas... aquele sorriso lindo faz derreter icebergues :)

Amo-te minha querida filha!